9 de fevereiro de 2017

Carrapatos

      

Modificações no comportamento humano, seja por razões econômicas ou sociais, estão fazendo ressurgir nos ambientes urbanos um grupo de organismos quase esquecidos: os carrapatos.
Esses aracnídeos ectoparasitos estão de volta, causando incômodos e óbitos. Os carrapatos geralmente necessitam de três hospedeiros para desenvolvimento do ciclo biológico, que se inicia no solo, onde a fêmea realiza a postura.

Dos ovos eclodem larvas que buscam na vegetação das áreas livres (logradouros públicos ou jardins domiciliares), um lugar de abrigo até encontrar um hospedeiro, no qual realizam seu primeiro repasto sangüíneo, retornando ao solo para a ocorrência de uma muda, quando alcançam o estágio de ninfa.

Esta fase é bem prolongada e pode ocorrer em um ano, aguardando a chegada do segundo hospedeiro, no qual se fixam para a realização de uma demorada hematofagia (retirada de sangue). Finalizada esta etapa, sofrem uma segunda muda, surgindo então, os machos e as fêmeas que rapidamente tornam-se adultos e aptos à reprodução. Transmissores da febre maculosa, os carrapatos inserem-se na lista de pragas urbanas de grande importância em Saúde Pública.

Transmissão de Doenças

Os carrapatos podem transmitir germes infecciosos, víricos e bacterianos, protozoários e neurotoxinas que produzem doenças graves.

As conseqüências clínicas variam desde simples infecções locais a sintomas muito graves que se não forem tratas a tempo, podem levar o animal até a morte.

Combate e Controle

Inspeção é o primeiro passo, nesta deve-se avaliar o grau, tipo e local de infestação.

Após a inspeção, começar a aplicação pela pulverização nas possíveis áreas de infestação de carrapatos.

Pode-se aplicar o produto líquido com a atomizadora, dependendo do grau de infestação. Essa aplicação visa atingir partes que a pulverização normal não atinge.

Aplicação de Superfície – consiste na aplicação da calda inseticida de maneira uniforme sobre as superfícies, cobrindo-as completamente, de forma que os carrapatos que as percorrerem sejam contaminados pelos microscópicos cristais dos inseticidas aplicados. Deverá ser realizada no intra e Peri – domicílio atingindo pisos e qualquer superfície disponível para aplicação.

1
Olá, em que podemos ajudar ?
Powered by