9 de fevereiro de 2017

Moscas

      

Dentre as muitas espécies de moscas existentes a mosca doméstica (Musca domestica) é a espécie presente em áreas urbanas e é também a mais incomoda, necessitando da aplicação do controle de moscas.

Alimentam-se de produtos animais e vegetais em decomposição, açúcar, entre outros, sendo materiais facilmente encontrados em ambientes domésticos e grandes centros urbanos daí a necessidade de controle de moscas.

A mosca lança uma substância sobre o alimento para poder ingerí-lo, pois não consegue colocar nada sólido dentro do organismo, somente matéria na forma líquida ou pastosa. É ativa durante o dia e repousa a noite, facilitando o controle de moscas, devido aos hábitos diurnos são de fácil identificação.

Preferencialmente pousam sob superfícies estreitas e longas (fios elétricos, galhos de árvores, rachaduras de paredes, etc.), lugares aos quais deve ser aplicado o controle de moscas. Os locais por elas visitados apresentam manchas escuras, produzidas pelo depósito de suas fezes, e manchas claras, provocadas pelo lançamento de saliva sobre o alimento, para depois conseguir sugar. Identificado esses sintomas de presença devem-se adotar os melhores métodos de controle moscas.

As moscas passam por quatro estágios de desenvolvimento: ovo, larva, pupa e adulto. De ovo a adulto, se as condições forem favoráveis, decorre um espaço de tempo oscilante entre 7 e 10 dias. Com rápido desenvolvimento o que facilita a infestação demonstra-se maior necessidade do controle de moscas.

As moscas domésticas são insetos que tem importância como vetores mecânicos, isto é, podem veicular os agentes em suas patas após pousarem em superfícies contaminadas com estes germes e pousarem nos alimentos, disseminando-os amplamente, e dessa forma veicular várias doenças, tais como distúrbios gastrointestinais. Devido a esses fatores é que se confirma a necessidade do controle de moscas nos diversos locais de infestação.

Mosca doméstica

Número de ovos:Média de 600 em toda sua vida.
Número de estágios:04 (ovo, larva, pupa e adulto)
Tempo de vida:De 25 a 30 dias.
Habitat:Vive praticamente na dependência direta dos ambientes habitados, utilizados ou frequentados pelo homem.
Observações:– Quanto maior a temperatura e a umidade, mais rápido ocorrerá o ciclo de vida;

– Podem criar-se numa grande variedade de substratos orgânicos em putrefação, decomposição ou fermentação, tanto de origem animal quanto vegetal;

– São ótimas voadoras e deslocam-se a velocidade entre 6 e 8 km/h, embora não pratiquem vôos muito longos e não migrem

1
Olá, em que podemos ajudar ?
Powered by